SATED-PE DIVULGA:

Caros,

Enquanto isso, Vocês estão acompanhando essa aberração?

Projeto de Lei quer colocar atividades circenses como conteúdo específico e inerente à área e profissionais de educação física….Querem colocar circo como atividade similar ao esporte….

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=584233

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1107806&filename=Tramitacao-INC+4939%2F2013

Os interesses político-mercadológicos da Educação Física já passou dos limites, como se não bastasse tentar USURPAREM (roubarem ) a dança, e se apropriar ilegalmente da história e competências acadêmico e profissionais da área de Dança, agora a educação física quer colocar o circo e até o teatro como atividade inerente à esta área e formação específica .

A questão e implicações camufladas atrás desta proposição do deputado Tiririca não são tão simples, pois a educação física não quer o bem da Arte ou do Circo. Eles querem ROUBAR as atividades circenses colocando-as como exclusivas da sua área. Para assim se beneficiar e se autopromover de forma enganosa…

O problema é que ao colocar qualquer atividade e conteúdo como inerente à educação física, pela lei somente graduados em educação física podem atuar nessa determinada área, existe uma instrução no Estatuto do Conselho Federal de Educação que Física que determina a isso.

Como ficarão as escolas de circo e os artistas dessa área? Colocar circo como atividade inerente à Educação Física é BIZARRO! É compactuar com os interesses político mercadológicos de um Conselho, Cursos e Profissionais PICARETAS, oportunistas e anti-éticos da área da Educação Física, que só querem se auto-promover de forma enganosa e se beneficiar e encher o bolso. Pois para atuar profissionalmente todo profissional de educação física é obrigado se pagar regularmente ao seus conselhos desta área, caso contrário esse profissional é impedido de trabalhar.

O fato é que existe apenas o interesse da educação física em usurpar (roubar) as competências dos profissionais de Dança, Teatro e Circo colocando tais atividades ILEGALMENTE como inerentes à formação em educação física. Essa conduta OPORTUNISTA é estelionato academico-profissional. Querem enganar as pessoas, querem ROUBAR a área e os profissionais de Artes, querem ROUBAR a história, identidade, os conteúdos, atribuições e competências dos profissionais da área artística (Dança, Teatro, Circo e até de Música) chamando Arte (convenientemente) de Educação física….Querem roubar até o nome da arte…chamando arte de esporte e atividades artísticas de “esportivas”…

O fato é que circo não é conteúdo de educação física. O Circo já é estudado em várias graduações de teatro. Além disso, já existe uma proposição da Escola Pernambucana de Circo solicitando a inclusão do Circo nas Faculdades de Artes Brasileiras, por ser uma atividade artística. E sua efetiva inserção como conteúdo escolar….

Circo é ARTE, não é uma atividade esportiva como a educação física está tentando fazer parecer…O circo não pode ser conteúdo ou atividade exclusiva da área da Educação Física, pois não existe legitimidade para isso. Pela Lei e regulamentação profissional vigente não só no Brasil mas no Mundo profissionais de Educação Física são da área das Ciências da Saúde e não tem legitimidade para atuar,ou fingirem ser profissionais e/ou professores da área de Artes.

As consequências e perdas para a área de Artes e Artistas serão ENORMES, pois não terão mais autonomia para trabalhar na sua própria área. Parece inofensivo colocar o circo na escola dentro da disciplina educação física, mas NÃO é tão simples assim. . Primeiro porque circo não é atividade de educação física e sim artistica.

Segundo porque os artistas e profissionais da área de Artes não terão mais autonomia e serão impedidos de trabalhar com o Circo. Pois é exigido formação específica em educação física para exercer qualquer atividade quando esta é colocada como conteúdo e atividade desta área. Existe uma instrução do Conselho de Educação Física que orienta isso.

Outro detalhe é que ao colocar o circo como atividade da área da educação física os profissionais e artistas de circo além de serem impedidos de trabalhar, vão perder a legitimidade de pleitearem incentivos governamentais da área artístico-cultural…Pois desta forma circo não será mais arte ….

Os conselhos, cursos e profissionais anti-éticos da área da educação física estão tentando ROUBAR e se apropriar ilegalmente até da história e identidade da Arte.

Penso que o Deputado Tiritica, bem como os profissionais da área de circo ignoram a gravidade e os equívocos desta questão, caso essa projeto de Lei seja aprovado. As consequências e perdas serão ENORMES para o circo e toda a área artística. Pois caso essa lei seja aprovada o próprio Deputado Tiririca não poderá atuar como profissional de circo, a não ser que faça uma graduação em Educação Física

Sendo bem apocalíptica imaginem que caso essa proposição seja aprovada daqui a algum tempo vai haver “batida” nos circos pelo país afora para ver se os artistas tem profissional de educação física e são regularmente habilitados e com a anuidade e pagamentos do Conselho de Educação Física em Dia… Foi isso que eles tentaram fazer com os artistas de dança…

Realmente será o fim do mundo não?